Home

Home
"Bem-Vindo!"

   

   
"Não posso estar fraco e triste, pois a alegria do SENHOR é a minha força"

  

  
"É possível ofertar sem amar, mas é impossível amar sem ofertar"

Prêmios Recebidos

Prêmios Recebidos
"A terra é insultada e oferece suas flores como resposta."

Mãe... Quero Retribuir!

terça-feira, 4 de maio de 2010


 
Existem coisas que eu ainda gosto muito de receber da minha mãe – seu abraço e os seus sábios conselhos. É um pacote que não abro mão. Todos os dias, eu e a minha mãe nos falamos ao telefone. Quando estou triste ou preocupada com alguma coisa, mesmo eu não deixando transparecer nada, ela do outro lado da linha percebe tudo e pergunta: O que está acontecendo minha filha? Você está preocupada com alguma coisa?...

Perdi as contas de tentar “enganá-la”, mas sem sucesso. Minha mãe parece ter um radar de longo alcance. Consegue captar as mínimas ondas sonoras das emoções dos filhos, mesmo que esses filhos já tenham crescido bastante.

Outro dia, ela disse pra mim: não quero que vocês me escondam nada. Eu quero saber de tudo o que se passa, e, estar perto de vocês, para o que der e vier. Mãe tem um jeito de amar tão sem igual, não é mesmo?

"Um amor mais forte que tudo, mais obstinado que tudo, mais duradouro que tudo, é somente o amor de mãe." (Paul Raynal)

Sou muito feliz e agraciada por ter uma mãezinha que não mede esforços para abençoar seus filhos. Dedicada e presente nos dias ensolarados, mas, também, nos dias nublados ou tempestuosos de seus filhos...

Nunca nos cobrou amor, pelo contrário, sempre se doou sem esperar nada em troca. Mãe... Como eu te amo!

Concluo, deixando uma reflexão para os filhos.

MC

"Havia um menino de 8 anos de idade, que tudo que fazia era em função do dinheiro, tudo tinha que ser pago.

Certo dia, no café da manhã, ele colocou um bilhete em baixo do prato de sua mãe. Quando a mãe abriu o bilhete, no começo ficou assustada, mas depois achou graça. O bilhete dizia: mãe você me deve 3 reais, para levar recados, 2 reais para pegar o lixo e colocar na rua, 2 reais para varrer a casa e, para serviço extra, 1 real, total de 8 reais.

A mãe pegou o bilhete e guardou no bolso do avental e não disse nada. O menino foi para a escola, e quando voltou já era hora de almoço, e foi logo sentando para almoçar. Viu que, em baixo do prato, havia um bilhetinho dobrado e 8 reais, ficou muito contente e pensava o que iria fazer com os 8 reais. Abriu o bilhete e viu que sua mãe também deixou uma conta para ele pagar.

Por te amar muito você me deve... nada.
Para cuidar de você quando está doente, você me deve ..nada.
Pelas roupas, brinquedos e calçados, você me deve ...nada.
Pelas roupas, nada...
Pelo quarto que você dorme e pela refeição, nada.
Total que você me deve, nada...

O menino leu o bilhete e ficou sem palavras, levantou-se pegou o bilhete e os 8 reais, colocou nas mãos de sua mãe e pediu perdão.

Daquele dia em diante, passou a ajudar sua mãe em tudo que precisava, mas tudo por amor, e nunca mais falou em dinheiro".

(Autor desconhecido)

5 comentários:

Anônimo disse...

Marcinhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
Te procurei por toda a web hauhauhauhau
Como vc está? Sou A Nice que te enviei um email um tempo atras quando enfrentava uns conflitos amorosos e vc me aconselhou. Ainda tenho guardado o seu email e eu sou muito grata a Deus por sua vida. Quero ter um blog como o seu, como eu faço? hauhauhau
Olha, não te perco mais.
Amei o post. Vc sempre me fazendo chorar.
Te amu irmãzinha do coração.
Deus te abençoe juntamente com a sua família.
Nice

05 maio, 2010
Pr Marcos de Moraes Feitosa disse...

A Paz e a Graça de Cristo esteja sobre vc, parabéns por tudo que faz e que és, agradeço a Deus por vc e por te conhecer, não encontro as palavras para expressar o que sinto agora, mas ao ver seu blog, que está maravilhoso, cheio de graça e unção, com mensagens de edificação, apenas me lembro de que um dia eu lhe disse que vc deveria ter um site próprio para que todos pudessem lhe encontrar ( eu não entendia direito sobre os blogs )e hj fico muito feliz em ver o seu blog; não sei se vc se lembra disso, faz tanto tempo...mas não esqueci, e quem poderia? Um grande abraço Márcia, fique na paz.
Seu irmão em Cristo Pr Marcos de Moraes

06 maio, 2010
Anônimo disse...

Oi amor!
É verdade, as mães tem uma percepcção quanto aos filhos dada por Deus para que possam entendê-los e quantas não são as vezes em que os filhos pensam que elas não sabem de nada! Não dá prá esconder nossos sentimentos dela, até porque, nós fomos gerados muito próximo do seu coração. Ali passamos em média, os primeiros 270 dias de nossa existência, isso antes de ser conhecido por todos, mas enquanto éramos formados em seu interior, o coração de mãe já nos escutava e acompanhava.
Para retribuir, dizer a ela um simples "muito obrigado mãe" ou "só voce que me entende" já seria bastante para honrá-la.
Deus te abençoe Márcia, voce também é mãe e vejo em voce esta percepção quanto aos nossos filhos e "filhas"
José Augusto Correia

06 maio, 2010
Maria do Socorro da Silva disse...

QUERIDA IRMÃ MARCINA
SEU ESPAÇO TÊM SIDO O GRANDE COLABORADOR EM MINHAS REFLEXÕES DIARIAMENTE DE EDIFICAÇÃO E COMPARTILHAR COM OUTROS.
QUE DEUS CONTINUE TE ABENÇOAR SEMPRE!
FELIZ DIAS DAS MÃES!!!

09 maio, 2010
Márcia Correia disse...

Nice,
Que surpresa boa!
Não esqueci de você(rs)
Beijinhos

* * * *

Pr. Marcos,
Um profeta de Deus!
Obrigada por vir aqui e me trazer a memória palavras que se cumpriram... Deus é fiel!
Um grande abraço de alguém que te admira
Shalom

* * * *

Meu amor,
Sem você eu não seria essa mãe feliz que sou.
Obrigada meu tesouro pelo dia de ontem... Foi o meu melhor dia das mães!
Te amo

* * * *

Maria do Socorro,
Que honra, ao mesmo tempo, que responsabilidade a minha. Que o blog DEVOCIONAIS continue sendo um bálsamos para as suas meditações.
Obrigada pelo carinho
Shalom

Postar um comentário

Palavras são sementes!
Obrigada pelas sementes lançadas aqui no blog DEVOCIONAIS.
Deus te abençoe...
Shalom

 

Copyright © 2008 - 2009 ·Devocionais