Home

Home
"Bem-Vindo!"

   

   
"Não posso estar fraco e triste, pois a alegria do SENHOR é a minha força"

  

  
"É possível ofertar sem amar, mas é impossível amar sem ofertar"

Prêmios Recebidos

Prêmios Recebidos
"A terra é insultada e oferece suas flores como resposta."

O Dragão!

terça-feira, 8 de dezembro de 2009



Na antiga China, um moço procurou um mestre em artes marciais, e lhe pediu que ensinasse a melhor técnica para matar dragões. O mestre então, começou a ensinar aquele discípulo, todos os seus golpes, inclusive, o treinou com uma espada afiadíssima, dando todas as dicas que ele tinha. Durante dez anos foi ensinada a técnica mais perfeita para matar dragões...

E, quando o guerreiro estava pronto, o velho chinês disse – “coloca essa roupa; ela é feita com um tecido especial que resiste ao bafo quente do dragão, assim, você poderá combater o inimigo, até destruí-lo”. Aquele guerreiro preparado para enfrentar dragões, colocou a sua farda que resistia o calor, pegou a sua espada afiadíssima, despediu-se do seu mestre e começou a andar por todo o território chinês, procurando um dragão para matar...

Enquanto procurava, cada vez que acampava num lugar, treinava todos aqueles golpes maravilhosos para matar dragões... Mas, ele não percebeu que na sua farda, uma pequena traça havia se instalado e que passou a devorar o tecido daquela linda vestimenta. O moço não percebeu, claro, porque ele vivia extremamente preocupado em procurar enormes dragões para matar, e, continuando assim, a sua interminável procura...

A sua visão era somente para as florestas, para os montes e para as cavernas. Ele queria encontrar um dragão e colocar em prática todo o seu preparo. Mas não percebia que a pequena traça estava ali, comendo toda a sua vestimenta, porque ele olhava somente para o macro e não olhava para o micro... Importava-se com o geral e não se preocupava com o detalhe, e a pequena traça foi comendo as emendas da sua farda “indestrutível”...

Depois que aquele guerreiro muito procurou o tal dragão, descobriu decepcionado, coitado, que em toda a china não havia um dragão se quer, mas leões havia muitos. De repente, um leão faminto e feroz aparece diante dele e ele diz: “Não tem problema, eu tenho uma farda indestrutível”. Porém, quando ele enfrentou o leão, a sua vestimenta já tinha apodrecido, estava rota e com apenas um golpe, o leão deixou-o completamente nu e, aquele guerreiro, foi devorado na mesma hora...

O guerreiro preparou-se para um combate inadequado. Não prestou atenção ao detalhe de sua vestimenta que havia uma “pequena” traça. Cuidou do geral, mas descuidou do mínimo, e foi por isso, que ele pereceu.

Essa ilustração nos traz um certo despertamento...

Muitos estão perecendo nesta vida porque estão subestimando os ardis do inimigo. Estamos sendo preparados contra um combate, e o dragão, existe sim!

O livro de Apocalipse chama satanás de dragão... serpente. A bíblia também compara satanás a um leão feroz que fica rugindo ao nosso derredor buscando a quem possa tragar. Precisamos da espada e, aprender os golpes que estão descritos na Bíblia Sagrada...

A espada precisa estar afiada e não podemos descuidar da nossa vestimenta; desta farda que recebemos no mesmo dia que entregamos a nossa vida para Jesus Cristo. Essa vestimenta deve estar branca, alva o tempo todo...

Esta vestimenta só será indestrutível se não deixarmos a traça do pecado corroê-la. Existe uma armadura que Deus quer colocar em nós que é indestrutível. Está disponível para o nosso tamanho ali, na carta de Paulo aos efésios no capítulo 6:10...

“Finalmente, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes permanecer firmes contra as ciladas do Diabo; pois não é contra carne e sangue que temos que lutar, mas sim contra os principados, contra as potestades, conta os príncipes do mundo destas trevas, contra as hostes espirituais da iniqüidade nas regiões celestes. Portanto tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, permanecer firmes. Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça, e calçando os pés com a preparação do evangelho da paz, tomando, sobretudo, o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno. Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; com toda a oração e súplica orando em todo tempo no Espírito e, para o mesmo fim, vigiando com toda a perseverança e súplica, por todos os santos”.

Querida(o) o combate está aí, e não adianta falar; “Eu não vou brigar contra o diabo!”. Sabe por quê? Porque o diabo está querendo te destruir, seja você inimigo dele ou não. Ele veio somente para matar, roubar e destruir...

Deus quer te preparar, te treinar para este combate e também quer colocar sobre a sua vida essa armadura poderosa e indestrutível que você obtém através de oração.

Então, ore ao Senhor, suplique a Deus no espírito e receba agora a armadura de Deus!

MC

7 comentários:

Pr. Lucas disse...

Querida irmã,
Boa ilustração. A meditação tem nos convidado a nos revestirmos da completa armadura de Deus. Isso é convite implícito a lutar. Mas quando observamos o texto bíblico que fala da armadura de Deus, em Efésios 6 - 10 - 18, observamos que o apóstolo Paulo dá grande ênfase ao "permanecer firmes". A idéia é repetida três vezes nessa citação, e no verso treze ele explica: "para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis". Ou seja, não basta estar preparado para lutar, mas permanecer firme depois que a batalha acabar.

Posso imaginar o quanto era difícil para um soldado romano lutar com todo aquele aparato. Quem já viu uma armadura dessas deve ter se espantado em como um homem poderia lutar com os movimentos tão limitados por um equipamento pesado e espesso em volta de todo o seu corpo. O primeiro desafio para o soldado ao vestir a armadura era manter o equilíbrio. Depois, coordenar cada um dos seus equipamentos, de modo a usá-los em seu favor, pois caso eles não fossem bem utilizados só apressariam sua derrota. Por fim, no confronto com o inimigo, ele deveria empenhar toda a sua força e concentração para manter-se de pé e não ser atingido. Pois ainda que ganhasse a batalha poderia sair dela com ferimentos mortais, que mais tarde o levariam a perder a vida. Por isso não bastava ao soldado usar uma armadura para ir à guerra, mas passar por um período de aprendizado a fim de desenvolver habilidades e táticas imprescindíveis a sua vitória.

Esses ensinamentos também estão implícitos no texto de Paulo sobre a batalha cristã. Diariamente travamos batalhas árduas contra as forças do Mal. E ao nos revestirmos da armadura de Deus devemos ter equilíbrio, discernimento para usar as armas certas no momento certo, sabedoria para saber nos defender, força e concentração para não nos desviarmos de nossos objetivos, e principalmente sensatez para não nos colocarmos no terreno de Satanás de tal forma que ele consiga nos atingir e, mesmo não provocando uma derrota imediata, consiga nos impingir uma ferida que pouco a pouco tirará a vida de nosso espírito. Tudo isso só pode ser conseguido se ouvirmos atentamente as instruções do Grande Comandante durante toda a batalha... não adianta querer tomar a armadura de Deus para lutar sem Ele à frente.

Depois de termos vencido tudo, precisamos permanecer inabaláveis. O meu cansaço no começo do dia me fez meditar nisso. Não basta apenas lutar, mas saber descansar à sombra do Onipotente. Não basta apenas ir para a batalha com a armadura de Deus, mas deixar que o próprio Deus nos ensine - ao longo do tempo - a batalhar com ela.

Graça e Paz!

08 dezembro, 2009
Tamara disse...

Querida Márcia vc é simplismente uma benção em minha vida!Uma mulher de Deus.
Bom vir aqui.
Beijão

08 dezembro, 2009
Henrique disse...

Oi ungida,
Glória a Deus por essa palavra. Eu quero resumi-la a todos que vierem aqui:
"ACORDA IRMÃOS! ESTAMOS EM GUERRA!!!!"
Shalom

08 dezembro, 2009
Amor de Deus disse...

Te AmooOoO Marcinha………..
Sempre recebo de Deus no seu blog.
Bjs

10 dezembro, 2009
Maria disse...

É sempre edificante ler suas msgs,pois ela vem de alguem cheia do Espirito Santo,vc é uma benção e um instrumento nas maos do Deus vivo,que o Senhor abençoe sempre sua vida,ministerio e familia…um grande beijo de alguem que a adimira mto…a paz!!!

10 dezembro, 2009
Márcia Correia disse...

Amados,
Mais uma vez quero agradecer a vinda e a participações de vocês com comentários tão enriquecedores.
Deus os fortalece em tudo e os guarde do maligno,
Shalom

assis disse...

bem haja que deus continue te abençoando --

28 fevereiro, 2010

Postar um comentário

Palavras são sementes!
Obrigada pelas sementes lançadas aqui no blog DEVOCIONAIS.
Deus te abençoe...
Shalom

 

Copyright © 2008 - 2009 ·Devocionais