Home

Home
"Bem-Vindo!"

   

   
"Não posso estar fraco e triste, pois a alegria do SENHOR é a minha força"

  

  
"É possível ofertar sem amar, mas é impossível amar sem ofertar"

Prêmios Recebidos

Prêmios Recebidos
"A terra é insultada e oferece suas flores como resposta."

O Peixe-Sapo

segunda-feira, 12 de outubro de 2009


Hoje é o dia das crianças e, então, lembrei dos meus meninos pequenos (foto do baú). Lembranças dos dias barulhentos e sem descanso que eu tinha, meu Deus! (rs). Quantas vezes desejei que eles crescessem logo, só para diminuir o meu trabalho (eu não sabia o que estava desejando)...

Fui um pouco de tudo e desse um pouco de tudo, também fui professora deles de EBD. Certa vez, numa das ministrações de uma lição, meu filho mais velho, com sete anos de idade na época, ouvindo os seus coleguinhas da classe me chamar de “tia pra cá e tia pra lá”, muito intrigado e confuso, faz uma pergunta, que até hoje arranca de mim, risos quando lembro - “mãe! eu te chamo de tia ou de mãe mesmo, quando eu tiver alguma dúvida aqui?” (rs)...

Essa pureza é fascinante nas crianças!

“Naquele tempo, respondendo Jesus, disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos”. Mateus 11:25

O tempo passou e eles cresceram, e marcaram minha vida com tantos exemplos puros e engraçados que ficaram guardados no meu coração. Ensinaram-me a essência do amor e da humildade... Criança ama de verdade com toda humildade!

Ensinam o caminho da boa convivência e do perdão. Elas não criticam, não discriminam, aceitam a todos sem distinção... Ninguém como elas sabem conviver com as diferenças.

São alegres a todo tempo, cantam, dançam, gritam animadas… Sua vivacidade faz da vida uma eterna festa... São apaixonantes... intrigantes... emocionantes! E, porque não dizer... Cativantes!

Dentre tantas histórias contadas... Deixo uma do meu acervo, que serve de lição também para nós adultos...




O PEIXE-SAPO

Você sabia que há um peixe que pesca peixes? Ele vive devorando outros peixes, o que significa que se alimenta desses peixes. Ele é chamado de peixe-sapo.

O peixe-sapo esconde-se no fundo do oceano e aguarda que peixes pequenos nadem por perto. Quando percebe que um peixinho está se aproximando, o peixe-sapo ergue um pequeno mastro sobre sua cabeça, com algo que se parece a uma isca, e a agita para frente e para trás...

O peixe-sapo continua balançando-a até que finalmente chama a atenção do peixinho inocente. A isca parece muito tentadora ao mover-se para frente e para trás. Você consegue imaginar com o que ela se parece? Talvez o peixinho pense em algo como uma bolacha gigante de peixe flutuando à sua frente.

Finalmente, o peixinho se deixa dominar pela curiosidade e nada para ver mais de perto. E esta não é uma boa idéia!

Você consegue imaginar o peixinho piscando os olhos e balançando a cabeça, mal podendo acreditar no que está vendo? Será que é mesmo uma bolacha gigante? Então, quando o peixinho está exatamente no lugar em que o peixe-sapo deseja que ele esteja, abre sua bocarra e o peixinho é levado por uma corrente de água para dentro da sua boca. Não há como escapar. O peixinho é que se torna uma bolachinha, enquanto o peixão se delicia e começa novamente a agitar sua isca para atrair outros peixinhos...

Naturalmente, a isca do peixe-sapo não é alimento de verdade. Trata-se apenas de um pequeno pedaço de pele que se parece com algo que não é. Pode nem mesmo parecer real e não é para se comer, de verdade, mas serve para seu propósito mortal. Ou seja, chamar a atenção do peixinho pelo tempo suficiente para o bote do peixe-sapo. Esse é um erro fatal que os peixinhos sempre comentem. Ficam com os olhos atentos na isca em vez de procurarem ver o peixe gigante que a está agitando.

Em I Pedro 5:8 está escrito: “Sejam sóbrios e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão que ruge, procurando a quem possa devorar”.

Em certo sentido, o diabo se parece com o peixe-sapo.

O maligno tem coisas a oferecer que nem sempre são o que parecem. Ele pode agitar algo perto de seus olhos, que parece ser muito divertido, mas que se trata apenas de uma isca. É só lembrar-se do peixe-sapo e de como ele consegue sua refeição.
Como a história... o peixinho parou apenas uma vez para ver o que estava acontecendo. Essa pequena curiosidade foi suficiente para mandá-lo para a barriga do peixe-sapo. Portanto, não podemos esquecer: se você for atraído por uma “isca”, o inimigo já estará por perto, aguardando o momento certo para devorá-lo...

Não seja o peixinho que o peixe-sapo está esperando para o jantar. Olhe para a isca e esteja atento a quem a está oferecendo! Peça força a Jesus para fazer você ver e entender o que realmente está acontecendo e, assim, vencer a tentação.

Seja inimigo do mal e amigo de Deus, rejeitando a "isca" do inimigo!

Um beijinho doce para todas as crianças!

8 comentários:

Madalena disse...

MÁRCIA, COMO É BOM ENTRAR EM SEU BLOG E LÊR PALAVRAS DE ALERTA INSPIRADAS POR DEUS PARA NOSSAS VIDAS. COMO VOÇÊ BEM FALOU TEMOS QUE TER CUIDADO COM O DIABO, POIS SÓ ASSIM VAMOS CONSEGUIR ENCHERGAR COM OS OLHOS DA FÉ O QUE DEUS TEM PARA NÓS. DEUS ABENÇÕE VOCE E SUA LINDA FAMÍLIA, HOJE E SEMPRE.
AMADA, TE AMO EM JESUS. LOUVO A DEUS POR TUA VIDA.
PAZ

12 outubro, 2009
Anônimo disse...

A paz Marcia!!!
De fato, há de se refletir muito sobre tudo isto… Precisamos vigiar.
Que Deus nos ajude!!!
Seus filhotes são fofos hehehe
Um abraço, continue firme no seu chamado.
Adriana- Ura/MG.

12 outubro, 2009
Ana disse...

OLA MARCINHA, TUDO OK? ESPERO QUE SIM!
A POUCO ACOMPANHO SEU BLOG, O ENCONTREI POR ACASO, FIQUEI CONTENTE RSSSS
ACHEISEU BLOG MUITO EDIFICANTE, E ENTAO, E AGORA SEMPRE VENHO AQUI PARA LER, E HOJE NÃO FOI DIFERENTE. A RESPEITO DA HISTÓRIA, PRECISAMOS MESMO SER INIMIGOS DO MAL E AMIGOS DE DEUS, REJEITANTO AS SUAS ISCAS, NÉ? SEMPRE SÃO ATRATIVAS, MAS SÃO PASSAGEIRAS E SEUS EFEITOS SÃO MORTAIS.
SEUS FILHOS SÃO LINDOS, BYE FICA COM DEUS CONTINUE NAO PARE.
BEIJOS NO CORAÇÃO/BIA

12 outubro, 2009
Maria disse...

Amada,
Parabéns pela família.
Deus os abençoe e os livre de todas as iscas do inferno.
Beijinhos
Maria

12 outubro, 2009
Tony Ayres disse...

Márcia:

Vi a tua postagem e a foto de teus filhos e lembrei-me dos meus. São três também, mas a mais nova é, como percebe, uma menina. Que bom relembrar-me de quando eles eram crianças. Teve uma época em que o do meio (hoje, universitário) dizia-me que, quando crescesse, queria ser "presbítero surfista"...pode? rsrss

De fato, as crianças me lembram uma das frases de Jesus, que mais gosto: "Bem aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus".

Shalom

12 outubro, 2009
Lucio Mauro disse...

Oi, querida irmã.
hahahaha criança é muito interessante mesmo. Elas izem cada coisa. Parabéns pela linda família que vc tem.
Que Deus continue livrando-nos de tantas iscas do diabo que tem colocado no nosso caminho.
Um dia abençoadíssimo pra vc.
Lúcio

13 outubro, 2009
Márcia Correia disse...

Olá, queridos!
Madalena, Adriana, Ana, Maria e Lúcio...
É verdade... Devemos rejeitar as “iscas” do inferno. O que Deus tem para nós é o suficiente.

Amigo, Antonio,
As lembranças dos filhos pequenos são muito gostosas e não tem como não se lembrar de algumas falas marcantes, não é mesmo? Fala para o seu filho que ele pode ser presbítero no Rio de Janeiro... vai tirar maior onda (rs).

Com amor,
Shalom

Anônimo disse...

Olá, querida. É uma linda mensagem e experiência de vida que Deus te deu. Sou testemunha de que voce foi a mãe mais dedicada que conheci, porque vi o seu "dia a dia" na criação de nossos filhos. Quanto as crianças, temos mesmo algo a aprender com elas, porém o que atrapalha é que sempre achamos que temos que ensiná-las.

15 outubro, 2009

Postar um comentário

Palavras são sementes!
Obrigada pelas sementes lançadas aqui no blog DEVOCIONAIS.
Deus te abençoe...
Shalom

 

Copyright © 2008 - 2009 ·Devocionais